quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Facebook pede "nudes" aos usuários, o que acha disso?

A empresa tenta combater a pornografia da vingança através dessa iniciativa

A luta para barrar a alastramento de pornografia nas mídias sociais ganhou um novo capítulo. O Facebook anuncia um novo teste ao combater do ato,  lançando uma campanha para os usuários pedindo que eles mandem nudes para a companhia. A empresa promete marcar as imagens com digitais, bloqueando, assim, a divulgação das fotos nas redes ligadas ao grupo, e evitando a replicação.
A nova tecnologia foi desenvolvida em uma parceria com uma agência do governo australiano. Em uma entrevista à ABC, a chefe da comissão governamental de segurança na web, Julia Inman Grant, contou que a ideia é cria um ambiente em que as vítimas em potencial se antecipem aos abusadores antes que as imagens sejam vazadas no Facebook, no Instagram e no Messenger.
Em alerta ao crescimento do que chamam de "pornografia da vingança", o Facebook alerta que as pessoas são intimidadas através de imagens íntimas divulgadas de forma não consensuais por parceiros ou ex-parceiros na rede.
Os Dados
Segundo dados do Instituto de Pesquisa Dados e Sociedade cerca de 4% de usuários americanos são vítimas deste tipo de pornografia. A maioria são mulheres até 30 anos.
Os Casos
Terça-feira 08, houve caso de vazamento de imagens íntimas ganhou repercussão nas redes sociais. A cantora Sia ironizou o vazamento de fotos íntimas ao se adiantar e publicar a própria "nude" no Twitter. A ação foi motivada após a descoberta de que alguém estava tentando vender aos seus fãs imagens em que ela aparece nua.

O Facebook irá manter o material armazenado durante algum tempo e depois descartá-lo-á.