quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

A Microsoft compra Avere Systems por sua tecnologia de computação baseada em nuvem de alto desempenho


O gigante do software adicionará recursos de armazenamento baseados em arquivos para Windows e Linux para sua nuvem Azure. A Microsoft anunciou que adquiriu a Avere Systems e suas ofertas baseadas na nuvem para computação de alto desempenho. 

Através da compra, a Microsoft ganha tecnologias de armazenamento baseadas em arquivos de sistema de arquivos de rede e servidor de mensagens do servidor. A Microsoft incorporará as capacidades da Avere, que funcionam tanto no Windows quanto no Linux, em seu próprio portfólio de nuvem Azure.  

A compra vem de rivais da Microsoft e da nuvem, a Amazon, a Google e a IBM estão criando suas ofertas de infra-estrutura como serviço, pois se concentram mais na conquista de clientes no setor de saúde.

A Microsoft apontou para animações e efeitos especiais nos blockbusters de Hollywood, além de descobrir novos tratamentos de doenças como dois exemplos do que antecipa que os clientes da Azure poderão fazer com os novos serviços de computação de alto desempenho.

"Avere usa uma combinação de sistemas de arquivos e tecnologias de cache para suportar requisitos de desempenho para clientes que executam cargas de trabalho de computação em larga escala", disse Jason Zander, vice-presidente corporativo da Microsoft Azure, no site da empresa no início de janeiro. O CEO da Avere, Ronald Bianchini, disse que integrar suas tecnologias com o Azure da Microsoft permite que ele continue focando em aplicativos corporativos.

"Nossa visão compartilhada é continuar nosso foco em todos os casos de uso de Avere - no datacenter, na nuvem e em ambientes húmidos de armazenamento em nuvem e nuvem", acrescentou Bianchini.

As empresas não divulgaram os termos do acordo.